(21) 2445-4941 (21) 97236-2929

Av. das Lagoas, 12 - Gardênia Azul (Jacarepaguá), Rio de Janeiro/RJ

Artigos › 21/06/2017, 02:13

O que é o Sacramento da Crisma?

A Crisma (ou Confirmação) é o sacramento que confere a efusão do Espirito Santo ao que já é batizado. A recepção deste sacramento é necessário à consumação da graça batismal. Em outras palavras, o sacramento da Crisma confirma e aperfeiçoa as graças que recebemos no Batismo.

De acordo com o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, o efeito da Crisma é:

“…a especial efusão do Espirito Santo, como a de Pentecostes. Essa efusão imprime na alma um caráter indelével e produz o crescimento da graça batismal: enraíza mais profundamente na filiação divina; une mais solidamente a Cristo e a sua Igreja; aumenta na alma os dons do Espírito Santo; dá força especial para testemunhar a fé cristã.” (Compêndio, 268)

Assim como o Batismo, a Crisma só pode ser recebida uma vez, produzindo uma marca na alma que nunca se apaga.

Como todos os outros sacramentos, a Crisma foi instituída por Cristo e administrada desde os apóstolos:

“Os apóstolos que se achavam em Jerusalém, tendo ouvido que a Samaria recebera a Palavra de Deus, enviaram-lhe Pedro e João. Estes, assim que chegaram, fizeram oração pelos novos fiéis, a fim de receberem o Espírito Santo, visto que não havia descido ainda sobre nenhum deles, mas tinham sido somente batizados em nome do Senhor Jesus. Então, os dois apóstolos lhes impuseram as mãos e receberam o Espírito Santo.” (At 8, 14-17)

Vemos claramente na passagem acima que os fiéis já tinham sido batizados, mas não tinham recebido o Espírito Santo. Assim então começava o Sacramento da Crisma.

Pelo sacramento da Confirmação os fiéis são vinculados mais perfeitamente à Igreja, enriquecidos de força especial do Espírito Santo, e assim mais estritamente obrigados à fé que, como verdadeiras testemunhas de Cristo, devem difundir e defender tanto por palavras como por abras.

Os dons do Espirito Santo (Sabedoria, Entendimento, Conselho, Fortaleza, Ciência, Piedade e Temor de Deus) são especialmente dados na Crisma, possibilitando mais graças para a nossa santificação.

O essencial no rito da Crisma é a unção com o óleo sagrado sobre a fronte, acompanhado das palavras: “N. recebe, por esse sinal, o Espírito Santo, o dom de Deus.” A palavra Crisma vem do grego chrisma, que significa óleo. Em português, o Crisma significa o óleo sagrado, ao passo que a Crisma significa o sacramento da Confirmação.

Com o sinal visível da unção com o óleo, é realizada a graça especial deste sacramento.

Santo Crisma – óleo sagrado desde sacramento

Como os demais sacramentos, para a Confirmação ser válida é necessária:

  • Matéria: óleo;
  • Forma: rito básico da Crisma (“recebe, por esse sinal, o Espírito Santo, o dom de Deus”);
  • Ministro: o ministro originário é o bispo. (Em casos excepcionais a crisma é celebrada por um presbítero devidamente autorizado pelo bispo);

Que possamos entender a importância desse sacramento para a nossa maturidade espiritual e crescimento na fé. No próximo artigo vamos falar do mais importante dos sacramentos: A Sagrada Eucaristia. Não perca!

Salve Maria!